home
indice   Home  |   Dicas Educação Primária  |   Contos Edificantes  |   Contos Infantis  |   Fale conosco  |
iara
 
Notas complementares:
xxxx
Nomes comuns: Ipupiara, Hipupiara(demônio dágua), Uiara, Iara, Eiara, Oiara, Mãe-dágua, etc.
xxxx
Origem Provável: É oriundo da Mitologia Grega. Os portugueses, homens do mar, possuíam a tradição das lendas marítimas, de Tritões, Sereias e animais fabulosos. As Sereias constituíam um patrimônio comum aos povos navegadores. Havia a Sereia dos gregos e dos romanos. Mas esta era um pássaro e não um peixe. Nenhum autor clássico fala de Sereias em forma de peixe. Na versão oficial eram moças, sentadas na areia da praia, cantando. Na África havia Haraké, que atraia os homens para as águas do Níger.
xxxx
Da forma como ela atualmente existe, nenhum índio, entre os séculos XVI e XVII a conheceu. A Iara, mulher tentadora, é uma lenda totalmente estranha à mítica indígena. O Ipupiara dos cronistas coloniais não possuía os encantos sedutores da atual Iara. Antes disso, era um Homem-peixe, feroz, bestial, saindo da água para matar, sempre matar. Não há um só aspecto simpático no monstro marinho. É horrendo, esfomeado e apavorante.
xxxx
De acordo com os cronistas, não aparece no Ipupiara o poder de transformar-se em homem ou mulher. De comum com a Sereia atlântica e mediterrânea só existe o elemento água, onde vive.
xxxx
página anterior Páginas: [1] [2] [3]
xxxx
*
*
*
*
xxxx
Folclore Brasileiro Ilustrado: A lenda da Iara, a Mãe Dágua - © Copyright 2000-2011 - http://www.sitededicas.com.br
xxxx
É proibida a reprodução total ou parcial de Qualquer conteúdo deste site para fins COMERCIAIS.